INSTITUTO GIRA-SOL

Home / OSC /
 
   

CNPJ: 3089633000106
Natureza jurídica: Associação Privada


Índice de preenchimento

Metodologia

Nome fantasia:

Instituto Gira Sol

Sigla OSC:

IGSOL

Endereço:
RUA CAMINHO EXISTENTE 205
JARDIM SANTANA, Cotia - SP
CEP.: 6719005

1146143780

Situação do imóvel:

Não informado

Responsável legal:

Robison Reno Filócomo

Ano de cadastro de CNPJ:

1987

Ano de fundação:

1987

E-mail:

COMUNICACAO@IGSOL.ORG

Site oficial:

www.igsol.org

O que a OSC faz:

Não informado

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável - ODS:



Erradicação da Pobreza

Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares


Metas relacionadas ao ODS:

1.1. Até 2030, erradicar a pobreza extrema para todas as pessoas em todos os lugares, atualmente medida como pessoas vivendo com menos de US$ 1,25 por dia

1.7. Criar marcos políticos sólidos em níveis nacional, regional e internacional, com base em estratégias de desenvolvimento a favor dos pobres e sensíveis a gênero, para apoiar investimentos acelerados nas ações de erradicação da pobreza

1.6. Garantir uma mobilização significativa de recursos a partir de uma variedade de fontes, inclusive por meio do reforço da cooperação para o desenvolvimento, para proporcionar meios adequados e previsíveis para que os países em desenvolvimento, em particular os países menos desenvolvidos, implementem programas e políticas para acabar com a pobreza em todas as suas dimensões

1.5. Até 2030, construir a resiliência dos pobres e daqueles em situação de vulnerabilidade, e reduzir a exposição e vulnerabilidade destes a eventos extremos relacionados com o clima e outros choques e desastres econômicos, sociais e ambientais

1.4. Até 2030, garantir que todos os homens e mulheres, particularmente os pobres e vulneráveis, tenham direitos iguais aos recursos econômicos, bem como o acesso a serviços básicos, propriedade e controle sobre a terra e outras formas de propriedade, herança, recursos naturais, novas tecnologias apropriadas e serviços financeiros, incluindo microfinanças

1.3. Implementar, em nível nacional, medidas e sistemas de proteção social adequados, para todos, incluindo pisos, e até 2030 atingir a cobertura substancial dos pobres e vulneráveis

1.2. Até 2030, reduzir pelo menos à metade a proporção de homens, mulheres e crianças, de todas as idades, que vivem na pobreza, em todas as suas dimensões, de acordo com as definições nacionais


Fome Zero e Agricultura Sustentável

Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável


Metas relacionadas ao ODS:

2.9. Até 2030, acabar com todas as formas de desnutrição, incluindo atingir, até 2025, as metas acordadas internacionalmente sobre nanismo e caquexia em crianças menores de cinco anos de idade, e atender às necessidades nutricionais dos adolescentes, mulheres grávidas e lactantes e pessoas idosas

2.11. Até 2030, garantir sistemas sustentáveis de produção de alimentos e implementar práticas agrícolas resilientes, que aumentem a produtividade e a produção, que ajudem a manter os ecossistemas, que fortaleçam a capacidade de adaptação às mudanças climáticas, às condições meteorológicas extremas, secas, inundações e outros desastres, e que melhorem progressivamente a qualidade da terra e do solo

2.8. Até 2030, acabar com a fome e garantir o acesso de todas as pessoas, em particular os pobres e pessoas em situações vulneráveis, incluindo crianças, a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano

2.10. Até 2030, dobrar a produtividade agrícola e a renda dos pequenos produtores de alimentos, particularmente das mulheres, povos indígenas, agricultores familiares, pastores e pescadores, inclusive por meio de acesso seguro e igual à terra, outros recursos produtivos e insumos, conhecimento, serviços financeiros, mercados e oportunidades de agregação de valor e de emprego não agrícola

2.12. Até 2020, manter a diversidade genética de sementes, plantas cultivadas, animais de criação e domesticados e suas respectivas espécies selvagens, inclusive por meio de bancos de sementes e plantas diversificados e bem geridos em nível nacional, regional e internacional, e garantir o acesso e a repartição justa e equitativa dos benefícios decorrentes da utilização dos recursos genéticos e conhecimentos tradicionais associados, como acordado internacionalmente

2.13. Aumentar o investimento, inclusive via o reforço da cooperação internacional, em infraestrutura rural, pesquisa e extensão de serviços agrícolas, desenvolvimento de tecnologia, e os bancos de genes de plantas e animais, para aumentar a capacidade de produção agrícola nos países em desenvolvimento, em particular nos países menos desenvolvidos

2.14. Corrigir e prevenir as restrições ao comércio e distorções nos mercados agrícolas mundiais, incluindo a eliminação paralela de todas as formas de subsídios à exportação e todas as medidas de exportação com efeito equivalente, de acordo com o mandato da Rodada de Desenvolvimento de Doha

2.15. Adotar medidas para garantir o funcionamento adequado dos mercados de commodities de alimentos e seus derivados, e facilitar o acesso oportuno à informação de mercado, inclusive sobre as reservas de alimentos, a fim de ajudar a limitar a volatilidade extrema dos preços dos alimentos


Redução da Desigualdades

Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles


Metas relacionadas ao ODS:

10.81. Até 2030, progressivamente alcançar e sustentar o crescimento da renda dos 40% da população mais pobre a uma taxa maior que a média nacional

10.82. Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra

10.83. Garantir a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultados, inclusive por meio da eliminação de leis, políticas e práticas discriminatórias e da promoção de legislação, políticas e ações adequadas a este respeito

10.84. Adotar políticas, especialmente fiscal, salarial e de proteção social, e alcançar progressivamente uma maior igualdade

10.85. Melhorar a regulamentação e monitoramento dos mercados e instituições financeiras globais e fortalecer a implementação de tais regulamentações

10.86. Assegurar uma representação e voz mais forte dos países em desenvolvimento em tomadas de decisão nas instituições econômicas e financeiras internacionais globais, a fim de produzir instituições mais eficazes, críveis, responsáveis e legítimas

10.87. Facilitar a migração e a mobilidade ordenada, segura, regular e responsável das pessoas, inclusive por meio da implementação de políticas de migração planejadas e bem geridas

10.88. Implementar o princípio do tratamento especial e diferenciado para países em desenvolvimento, em particular os países menos desenvolvidos, em conformidade com os acordos da OMC

10.89. Incentivar a assistência oficial ao desenvolvimento e fluxos financeiros, incluindo o investimento externo direto, para os Estados onde a necessidade é maior, em particular os países menos desenvolvidos, os países africanos, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento e os países em desenvolvimento sem litoral, de acordo com seus planos e programas nacionais





Atividade Econômica (CNAE):

Atividades de associações de defesa de direitos sociais

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Outras formas de desenvolvimento e defesa de direitos e interesses

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Cultura e recreação

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Defesa de direitos de grupos e minorias

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Saúde, assistência social e educação

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Não informado

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Defesa de direitos e interesses - múltiplas áreas

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Religião

Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Outros

Área de Atuação:

Cultura e recreação

Subárea:

Cultura e arte

Esporte e recreação

Outros



Área de Atuação:

Desenvolvimento e defesa de direitos

Subárea:

Saúde, assistência social e educação

Religião

Outras formas de desenvolvimento e defesa de direitos e interesses

Meio ambiente e proteção animal

Defesa de direitos e interesses - múltiplas áreas

Cultura e recreação

Defesa de direitos de grupos e minorias

Emprego e treinamento



Área de Atuação:

Religião

Subárea:

Religião



Área de Atuação:

Saúde

Subárea:

Outros serviços de saúde



Área de Atuação:

Assistência social

Subárea:

Assistência social



Área de Atuação:

Outras atividades associativas

Subárea:

Associações de atividades não especificadas anteriormente



Área de Atuação:

Meio ambiente e proteção animal

Subárea:

Meio ambiente





Como surgiu a OSC:

Histórico Fundado em 1987, o Instituto Gira-Sol atua na cidade de Cotia e Oeste da Grande São Paulo. Através da união de amigos, empresários e simpatizantes com o objetivo de praticar o desenvolvimento social, iniciaram ações conjuntas como a distribuição de mantimentos, vestimentas e cobertores para uma pequena quantidade de famílias menos favorecidas da região, número que se multiplicou com o passar dos anos, formando assim a estrutura física e filosófica do Instituto. Hoje são atendidas direta ou indiretamente 300 famílias, cerca de 120 crianças diariamente no Programa Pingo de Ouro em atividades complementares pedagógicas e arte-educacional, mais de 50 cestas básicas distribuídas mensalmente, terapias e atendimento preventivo na área da saúde, além de oficinas diversas para todas as idades e eventos tradicionais como a Festa Junina e Natal Solidário. E todo esse trabalho é realizado graças a dezenas de voluntários, pessoas e empresas que doam parte do seu tempo e recursos para o cumprimento de nossa missão: Nosso compromisso é promover a melhoria e bem estar do ser humano através da Cultura, Educação, Esportes, atendimento preventivo na área da saúde e preservação do meio ambiente através de oficinas e palestras diversas para todas as idades

Missão da OSC:

Instituto Gira-Sol é uma entidade civil de direito privado sem fins lucrativos, nos moldes da Lei Federal 6.015/73, que tem por finalidade desenvolver projetos de pesquisa e inclusão com base na Responsabilidade Social.

Visão da OSC:

MISSÃO Promover a melhoria e bem estar do ser humano através da Cultura, Educação, Esporte e Preservação do Meio Ambiente. VISÃO Ampliar os trabalhos comunitários, alcançando o reconhecimento como ponto de referência no desenvolvimento da sociedade com dignidade e sustentabilidade.

Finalidades Estatutárias da OSC:

Não informado

Link para o Estatuto da OSC:

Não informado

Titulo / Certificado Início da validade Fim da validade

Quadro de dirigentes

Conselho fiscal



Trabalhadores

Total de Trabalhadores

Não constam informações nas bases de dados do Mapa

Empregados

Não constam informações nas bases de dados do Mapa

Trabalhadores com deficiência

Não constam informações nas bases de dados do Mapa

Trabalhadores voluntários

Não constam informações nas bases de dados do Mapa

Conselhos de Políticas Públicas

Conferências de Políticas Públicas


Nome da Conferência:

Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial


Ano de realização da conferência:

01/01/2010

Forma de participação na conferência:

Membro de comissão organizadora municipal


Nome da Conferência:

Conferência Municipal de Cultura


Ano de realização da conferência:

01/01/2009

Forma de participação na conferência:

Membro de comissão organizadora municipal

Outros espaços de participação social


Atuação em Fóruns, Articulações, Coletivos e Redes de OSCs:

REDE SOCIAL GRANDE OESTE


Atuação em Fóruns, Articulações, Coletivos e Redes de OSCs:

Fórum de Pontos de Cultura do Estado de São Paulo


Total de recursos com projetos, atividades e/ou programas